Cúrcuma e Saúde


A cúrcuma longa é uma planta nativa do sul da Ásia. No Brasil é também conhecida como açafrão-da-terra, cúrcuma, açafrão-da-Índia ou gengibre amarelo. Proveniente da família do gengibre, tem propriedades terapêutica, anti-inflamatória e antioxidante. Historicamente, é utilizada na medicina tradicional da Índia para curar ferimentos, doenças do estômago e inchaços. Os seus principais compostos bio-ativos encontram-se na curcumina, um pigmento amarelo, extraído da raiz do vegetal e bastante conhecido e valorizado também na culinária.

Cúrcuma F.Scherer Fitness

Cúrcuma e Saúde
A curcumina é um potente antioxidante e protege os componentes celulares contra danos oxidativos. Além de minimizar a ação dos radicais livres, contribui para o  aumento da atividade de enzimas antioxidantes. Estudos recentes sugerem benefícios na prevenção e progressão de cânceres, principalmente de pele e mama. Sua propriedade antiinflamatória confere benefícios na prevenção/controle de outras doenças crônicas com componente inflamatório, por exemplo: diabetes, obesidade, doença cardiovascular e Alzheimer. Outros estudos mostram efeito antiparasitário, antibacteriano, gastrintestinal (promovendo atividade de enzimas digestivas) e melhora da função imune. Pesquisas in vivo indicam atividade protetora do fígado (detoxificação) e rins.

Cúrcuma: Benefício Também no Esporte? 
Devido às propriedades antioxidante e antiinflamatória, pesquisadores investigaram se os “ativos” da cúrcuma poderiam atenuar a inflamação e o estresse oxidativo pós exercício. Corredores (não atletas) foram submetidos a um teste de esforço máximo em esteira ergométrica. Metade dos participantes utilizou 200mg de suplemento de curcumina, por 4 dias, antes e após o estímulo.

O grupo suplementado apresentou menor dor muscular, marcadores de lesão muscular e inflamação, em relação ao grupo não suplementado (placebo). O estudo foi publicado em junho de 2014, no Journal of International Society of Sports Nutrition. O resultado da recente pesquisa fortalece a idéia do uso da curcumina como importante estratégia nutricional para atenuar o processo inflamatório e a dor muscular tardia provocada pelo exercício.  

Sugestão de Uso
  • Consumir diariamente 0,5 colher de chá de cúrcuma ou açafrão-da-terra;
  • Adicioná-la no preparo do arroz, sopas, molhos de salada ou polvilhar diretamente nos alimentos;
  • O seu princípio ativo (curcumina) pode ser isolado e consumido em capsúla;
  • A quantidade sugerida (0,5 colher de chá) pode ser fracionada ao longo do dia;
  • Contraindicação: pessoas que apresentarem erupções cutâneas ou fotossensibilidade devem interromper o uso do alimento/suplemento.